Visitantes

domingo, 20 de novembro de 2011

Chico Buarque fala sobre racismo



Comentário: Tenho muito orgulho de ser um mestiço. Tenho muito orgulho do meu cabelo crespo, tenho muito orgulho da minha vó Filomena (mulata) e da minha vó Apolinária (índia). Sou brasileiro e tenho no sangue todas as matizes que o fazem vermelho igual ao sangue de um cidadão africano, europeu, americano ou asiático. Valeu Chico! Abaixo o preconceito, fora esse câncer chamado racismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preencha o formulário: