Visitantes

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Denúncia diz que cortadores de cana recebem crack para produzir mais

Comentário: Já ouvi coisa parecida acontecendo na colheita do café. Além de explorados, os trabalhadores rurais estão se tornando viciados.

 

 

O relator da Comissão Especial de Políticas Públicas de Combate às Drogas, Givaldo Carimbão (PSB-AL), disse nesta quarta-feira que vai pedir ao Ministério do Trabalho para investigar denúncia de que cortadores de cana em Alagoas estariam recebendo crack para produzir mais.
De acordo com a deputada Célia Rocha (PTB-AL), há a informação de que os trabalhadores receberiam a droga de intermediadores entre os empregados e os patrões. A deputada falou sobre o problema em audiência pública, que reuniu coordenadores e relatores dos seminários estaduais sobre drogas.

Carimbão disse que já tinha conhecimento de caso semelhante no estado de São Paulo, e que é preciso investigar essas denúncias.


Da Agência Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preencha o formulário: